Segunda-feira, 12 de Julho de 2010

Metas

"Não se imponha metas inatingivéis. Exija de si de acordo com as suas possibilidades e capacidades. Se der consigo a tentar escalar qualquer monte evereste, mude de montanha ou desfrute do passeio. Quando definir uma meta deve também definir os degraus e as etapas. Procure desfrutar, saborear a subida de cada degrau, como se de uma meta em si mesmo se tratasse. Não espere até chegar ao fim para descansar e desfrutar. Procure etapas intermédias. Perca tempo com isso. Anote as suas metas, reveja-as, questione-as e descarte as que não forem vitais. A vida é muito curta para ser desperdiçada. Lembre-se de que se as suas metas forem inatingivéis viverá frustrado e amargurado."

 

Walter Riso, Aprender a Gostar de mim

Clauclau às 21:25

| Comentar | Adicionar aos favoritos

Pesquisar

 

Posts recentes

Escolhas

Investir

Sonhar com o impossível

Amores

Amor

Felicidade

O que construimos

...

Algo melhor

Explosão de hormonas

Aventuras rápidas

Quero-te comigo

Arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

afl(30)

amor(260)

ana santa clara(9)

casamento(10)

catherine dunne(11)

citações(324)

dr.ª robin l. smith(8)

ildikó von kürthy(13)

joana miranda(60)

jorge bucay e silvia salinas(11)

livros(308)

margarida rebelo pinto(32)

maria joão lopo de carvalho(10)

miguel sousa tavares(24)

paulo coelho(28)

robin sisman(9)

sofrimento(21)

stefania bertola(12)

suzanne schlosberg(10)

vida(183)

todas as tags

Readspeaker

Imagens

Retiradas da net