Sexta-feira, 11 de Maio de 2007

Separação Perfeita

“A Separação Perfeita, claro, não envolve soluços, nem o arremesso de objectos frágeis, nem golpes baixos como «E já agora, fica sabendo que eu estava fingir metade das vezes!». Não, a separação ideal envolve uma chegada mútua à conclusão triste mas madura de que o melhor a fazer é cada um seguir o seu caminho envolve garantias tranquilizadoras como «Terás sempre um lugar no meu coração» e «Não trocaria o tempo que passámos juntos por nada deste mundo».”
À procura do Homem ideal – Suzanne Schlosberg

Clauclau às 15:10

| Comentar | Adicionar aos favoritos
2 comentários:
De noche a 11 de Maio de 2007 às 18:20
seria certamente um consolo saber que estes 6 anos não foram em vão...
De aspalavrasnuncatedirei a 11 de Maio de 2007 às 19:28
Olá clauclau. Não acredito em separações perfeitas. É uma utopia. Aquele que ama é marcado por um sofrimento atroz. beijinhos.

Comentar post

Pesquisar

 

Posts recentes

Escolhas

Investir

Sonhar com o impossível

Amores

Amor

Felicidade

O que construimos

...

Algo melhor

Explosão de hormonas

Aventuras rápidas

Quero-te comigo

Arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

afl(30)

amor(260)

ana santa clara(9)

casamento(10)

catherine dunne(11)

citações(324)

dr.ª robin l. smith(8)

ildikó von kürthy(13)

joana miranda(60)

jorge bucay e silvia salinas(11)

livros(308)

margarida rebelo pinto(32)

maria joão lopo de carvalho(10)

miguel sousa tavares(24)

paulo coelho(28)

robin sisman(9)

sofrimento(21)

stefania bertola(12)

suzanne schlosberg(10)

vida(183)

todas as tags

Readspeaker

Imagens

Retiradas da net