Quarta-feira, 23 de Maio de 2007

Renascer

“Quando o conheci, senti-me renascer. Havia muito tempo que não me sentia assim. A flutuar no espaço. O mundo girava à minha volta em rotações aceleradas, e era-me difícil pensar com calma no que quer que fosse. Uma energia nova e quente tomava conta de mim e sufocava-me. Eu exultava em cada novo dia. A presença dele aquecia-me o corpo e os sentidos, e sentia-me a pairar sobre nuvens de algodão. Era uma sensação estranha e viciante. Por vezes, sentava-me junto ao mar, e procurava convencer-me de que não se passava nada de estranho comigo. Que estava apenas a apaixonar-me. Milhões de pessoas no planeta ter-se iam sentido assim pelo menos uma vez no decurso das suas vidas. Respirava fundo, e tentava levar as coisas com naturalidade, mas as minhas intenções não passavam disso mesmo, de intenções. Sempre que o vislumbrava a minha cabeça girava a cem à hora, a minha pulsação acelerava e ondas de suor perpassavam pelo meu corpo, deixando-me num estado semelhante à loucura. Não dizia coisa com coisa e não fazia nada certo. O olhar dele fixava-se em mim de uma forma, que fazia o meu corpo estremecer em convulsões de desejo. Percebia que não conseguia controlar a situação, e que, a qualquer momento, poderia cometer uma loucura. Quando hoje me recordo destas sensações, elas parecem-me longínquas e desconexas, difíceis de reconstruir. Hoje, sinto-me a anos-luz de tudo isso, e é-me difícil acreditar que a pessoa que hoje sou, seja a mesma que esteve apaixonada por aquele homem. Tudo parece ter acontecido há anos-luz. Tudo parece ter acontecido com outra pessoa que não eu. Uma pessoa viva, plena de energia, infinitamente sedutora e desejável, jovem e plena de vitalidade. Uma pessoa, que não eu.”
Não se escolhe quem se ama - Joana Miranda
 
 
 

Clauclau às 09:46

| Comentar | Adicionar aos favoritos
1 comentário:
De Fofucho a 6 de Junho de 2007 às 20:42
Tudo faz parte da vida. Não podemos esmorecer. Há que olhar em frente e saber gozar a vida. Os amigos servem para alguma coisa. Nem que seja para chatear a cabeça. No que for útil sabes que estás à vontade. Podes contar comigo. Acho que também posso contar contigo. Beijinhos fofos. Amigos como sempre

Comentar post

Pesquisar

 

Posts recentes

Escolhas

Investir

Sonhar com o impossível

Amores

Amor

Felicidade

O que construimos

...

Algo melhor

Explosão de hormonas

Aventuras rápidas

Quero-te comigo

Arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

afl(30)

amor(260)

ana santa clara(9)

casamento(10)

catherine dunne(11)

citações(324)

dr.ª robin l. smith(8)

ildikó von kürthy(13)

joana miranda(60)

jorge bucay e silvia salinas(11)

livros(308)

margarida rebelo pinto(32)

maria joão lopo de carvalho(10)

miguel sousa tavares(24)

paulo coelho(28)

robin sisman(9)

sofrimento(21)

stefania bertola(12)

suzanne schlosberg(10)

vida(183)

todas as tags

Readspeaker

Imagens

Retiradas da net