Sábado, 10 de Março de 2007

Quem feio ama, bonito lhe parece

"O amor pode começar com a solução deste dilema, quando o vejo e me dou conta de que o amo, tal como ele é. Até posso chegar a amar as coisas que não gosto nele, porque são dele e o aceito como ele é.”
  
 
 
 
Amar de olhos abertos – Jorge Bucay e Silvia Salinas
 
 
 
 
 
  
Clauclau às 18:35

| Comentar | Adicionar aos favoritos
6 comentários:
De noche a 13 de Março de 2007 às 00:44
por vezes tambem tenho vontade de passar a culpa para o outro lado até porque ajuda a esquecer.... mas será que sara verdadeiramente o problema?
De miguelnoche@sapo.pt a 13 de Março de 2007 às 21:19
oi

não quero estar a forçar o dialogo mas acho que devo um esclarecimento...

estou a passar por uma separação/rejeição e a minha primeira reacção foi... estupidamente:

- "a culpa é minha... se não fui capaz de manter a pessoa de quem eu realmente gosto e que costumava gostar de mim (e gostava mesmo)... nunca conseguirei ter alguém "
(isto claro com utilizando termos um bocado mais vernáculos)...

neste momento... depois de muita reflexão cheguei OBVIAMENTE à conclusão de que apesar dos meus erros (e dos + estúpidos ) não sou nenhum monstro...so que há coisas que acontecem... há pessoas + interessantes que eu...
houve timings errados... franceses pelo meio... e aconteceu o pior (para mim)... mas agora sei que a culpa não foi só minha pelo facto da paixão dela por mim ter-se esgotado...

pela forma como a separação aconteceu...(não vou entrar em detalhes mas foi doloroso com uma boa dose de ciúmes pelo meio)... acabei por passar a uma fase de ... "nunca vou perdoar"... "eu não mereço isto"... "espero que sejam INfelizes".. etc etc etc ...

mas qdo penso racionalmente sei que estou a tentar tapar o sol com a peneira...eu adoro-a.....e porque a vida continua... as coisas acabam....

e sem querer... interpretei o teu texto de uma forma incorrecta... como se o caso fosse igual ao meu...mas acho que é normal ...com a auto estima em baixo... fazem-se e pensam-se ainda mais disparates...


quanto À lingua francesa ... eu tenho amigos franceses... trabalho com franceses... trabalhei uns meses em França ...passei férias 3 vezes em França (paris, pirineus , provence )...

o francês é a língua europeia + bonita...e uma das minhas conquistas pessoais...só tenho 3 anos curriculares...e 8 anos depois... precisei... e em 2 ou 3 meses aprendi bastante...falo e escrevo diariamente o que me dá um gozo bestial...

os textos do meu blog foram improvisos... nada preparados e escritos à primeira... brincadeiras para me entreter e me fazer rir.....e assim não pensar em coisas estúpidas nem para massacrar os amigos com os meus problemas...

por isso desculpa qq coisa!! :)
De Clauclau a 14 de Março de 2007 às 00:40
Tens razão. Apesar de tentar mostrar que dei a volta por cima, a verdade é que não dei. Continuo a chorar só de pensar nele a dormir abraçado à espanhola. A verdade é que ainda gosto dele mais do que gostaria e talvez por hoje fazer um ano que tudo acabou esteja mais sensivel. E se o dia até foi suportável, à noite, a solidão destas quatro paredes, está-me a deixar deprimida e adivinho que a noite será para recordar o passado. Também passei pela fase dos "Porquê", "Nunca te vou perdoar", e agora que sei que está feliz ao lado da outra é a fase do "desejo que sejas muito infeliz e que ela te faça sofrer tanto quanto me fizeste". Qual é a fase seguinte? A Indiferença? Gostava que sim. Mas não sei se vou conseguir...

Achas que no meu blog estou a massacrar as pessoas com os meus desgostos de amor? Talvez. Mas paciência. Eu comecei por brincadeira num domingo em que fiquei de cama o dia todo por motivos de saúde. Mas a verdade é que estou a achar muito divertido. Ver outros blogs, receber comentários, fazer comentários. No princípio nem pensei que alguém, algum dia, se desse ao trabalho de vir espiar o meu blog. Como diz uma amiga minha "Só te visita quem quer. Ninguém é obridado a ler as parvoíces que escreves."

De miguelnoche@sapo.pt a 14 de Março de 2007 às 12:14
quem disse que massacras as outras pessoas????e que escreves parvoices????

achei os textos até bem porreiros... e não é por acaso que as pessoas procuram os textos umas das outras (só quem nunca passou pela rejeição é que não percebe)...

mas mesmo quem está + deprimido, no fundo, no fundo... tenta sempre levantar-se (mesmo que diga o contrario)...

eu procuro "casos" semelhantes para me mentalizar que a história vai acabar por ter um final feliz...e para me mentalizar que chorar sobre o leite derramado não me leva a nada....

o que passou... passou... mesmo que ainda estivesse com ela... os bons momentos que tivemos juntos acabaram... teriamos sempre que criar novos momentos....para continuar a felicidade...

e se calhar a receita é essa criar novos momentos felizes... VIVER... seja sozinho... com outra pessoa... com os amigos....mas sempre sem muleta (como eu estava a viver... ela no fundo era uma muleta...vivia só para ela deixei os amigos e até um bocado a familia...e isso foi um tiro no pé)...

desculpa já me estou a queixar...
De Clauclau a 14 de Março de 2007 às 15:18
Obrigada pelos comentários. Gostei da metáfora da muleta. Um dia destes vou escrever sobre o assunto.
De Natchi a 2 de Junho de 2009 às 21:27
Eu adoro pensar, ler e escrever sobre amor e relacionamentos amorosos nesses tempos instantâneos. Quem nunca pensou em navegar pela web em busca da alma gêmea? Muita gente adulta e "vacinada" encontra na internet um caminho alternativo para a paquera. Só precisa de duas pessoas com o mesmo desejo no mesmo instante e aquela afinidade especial e recíproca. Se ambas as coisas existem, não há como não tentar. Quem sabe não é aquela pessoa especial? Passe lá em meu blog!

Comentar post

Pesquisar

 

Posts recentes

Escolhas

Investir

Sonhar com o impossível

Amores

Amor

Felicidade

O que construimos

...

Algo melhor

Explosão de hormonas

Aventuras rápidas

Quero-te comigo

Arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

afl(30)

amor(260)

ana santa clara(9)

casamento(10)

catherine dunne(11)

citações(324)

dr.ª robin l. smith(8)

ildikó von kürthy(13)

joana miranda(60)

jorge bucay e silvia salinas(11)

livros(308)

margarida rebelo pinto(32)

maria joão lopo de carvalho(10)

miguel sousa tavares(24)

paulo coelho(28)

robin sisman(9)

sofrimento(21)

stefania bertola(12)

suzanne schlosberg(10)

vida(183)

todas as tags

Readspeaker

Imagens

Retiradas da net