Segunda-feira, 19 de Março de 2007

Nunca estar contente

“Estou farta de não ter uma pessoa ao meu lado. Faço tudo sozinha, sinto-me completamente avulso no mundo, qualquer dia tenho 40 anos e não construí porra nenhuma, nem família, nem filhos, nada. A minha vida é uma merda de um deserto, estou farta.”
 
Não há coincidências Margarida Rebelo Pinto
 
 
Nunca estamos contentes... essa é verdade. Estamos sempre as pensar naquilo que não temos em vez de pensar nas coisas boas que temos. A verdade é que a vida não foi como tinha planeado. Tinha pensado em acabar a universidade, arranjar um emprego na minha área de formação, casar aos vinte sete anos e aos trinta ter o meu primeiro filho. A verdade, é que nada disto se concretizou. O curso não me abriu as portas com que tinha sonhado, e nos últimos três anos desempenhei funções de secretária de direcção que nada tem a ver com a minha área, mas que sempre era melhor do que estar desempregada. Quanto à minha vida amorosa, também nada correu como previsto, e hoje sinto-me como há doze anos atrás, sem ninguém que seja dono do meu coração, sem filhos, sem responsabilidades, sem obrigações... muitas das "trintonas" casadas que conheço me invejam, por poder ir onde quero, a que horas quero, vir quando quiser, sair à noite se assim me apetecer, deitar-me a que horas me apetecer, ver televisão ou estar na net o tempo que bem quiser sem ninguém a mandar apagar a televisão, poder comprar o que quiser sem ter de pensar no outro ou nos filhos... é verdade... pode parecer que tenho tudo para ser feliz... mas não sou... falta qualquer coisa... falta sempre qualquer coisa... no fundo, o que eu queria, é o que elas têm: o lar, a família, alguém que me dissesse boa noite, que me desse um beijo ao amanhecer, os filhotes que ao fim de semana me saltassem para cima da cama ainda de madrugada e que me enchessem com beijinhos, para não falar dos beijinhos carinhosos dos filhotes após um dia de trabalho...
O que mais tenho pena na minha vida, é mesmo disso, de não ter tido uma filhota do meu grande amor quando tinha apenas dezoito anos... talvez a vida tivesse sido completamente diferente... pior ou melhor... não sei... nunca saberei... não poderei recuperar os anos que passaram... mas sentirei sempre esse vazio dentro de mim...
 
 
 
 
“O pensamento de que o relvado do vizinho é mais verde ou do que o outro tem aquilo que eu não consigo ter parece gerar muito sofrimento.”
 
“Sofrer porque as coisas não são como eu as tinha pensado não somente é inútil como também infantil.”
 
 
Amar de olhos abertos – Jorge Bucay e Silvia Salinas
 
 

 
 
Clauclau às 22:45

| Comentar | Adicionar aos favoritos
2 comentários:
De Genny a 20 de Março de 2007 às 09:52
Olá, bom dia!
Sou casada tenho uma tesouro e também sonhava com aqueles carinhos de alguém, mas esse alguém tornou-se uma desilusão. A única estrela que eu tenho é a minha tesouro. Nisso tens razão, nada é mais valioso do que os carinhos dos filhos. Luta por isso, às vezes temos essa pessoa ao nosso lado e não damos por isso.
Fica bem.
De Menphis_child a 20 de Março de 2007 às 15:05
Bonito...talvez quando menos esperares s teus sonhos podem se concretizar.

Tenho vivido uma situação parecida à tua: tenho um emprego estável,um carrinho todo catita, uns pais bonitos e amigos mas falta algo...compreendo o que sentes.

Comentar post

Pesquisar

 

Posts recentes

Escolhas

Investir

Sonhar com o impossível

Amores

Amor

Felicidade

O que construimos

...

Algo melhor

Explosão de hormonas

Aventuras rápidas

Quero-te comigo

Arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

afl(30)

amor(260)

ana santa clara(9)

casamento(10)

catherine dunne(11)

citações(324)

dr.ª robin l. smith(8)

ildikó von kürthy(13)

joana miranda(60)

jorge bucay e silvia salinas(11)

livros(308)

margarida rebelo pinto(32)

maria joão lopo de carvalho(10)

miguel sousa tavares(24)

paulo coelho(28)

robin sisman(9)

sofrimento(21)

stefania bertola(12)

suzanne schlosberg(10)

vida(183)

todas as tags

Readspeaker

Imagens

Retiradas da net