Domingo, 29 de Julho de 2007

Colo

“Apetece-lhe abraçá-lo, amamentá-lo, adormecê-lo ao colo. E é isso que lhe faz. Dá-lhe colo. Os olhos estão transbordantes de lágrimas. Nenhum homem a saberia ter assim, daquela maneira e com aquela intensidade. Ela já é dele mesmo antes de o ser. Ele murmura no peito dela que não precisam fazer nada, que podem ficar assim para a eternidade. Mas é ela que o quer dentro dela, é ela que o beija e o desperta para o corpo dela. É ela que se despe e que o deixa senti-la nua junto ao seu corpo agora a ferver de desejo e ele penetra-a devagar, com cuidado, como se de uma primeira vez se tratasse e o que ela sente não é mais possível descrever, porque nunca sentiu nada assim antes, nem sabe o que aquilo é, já não sabe quem é nem onde está, já só há o prazer, e chora convulsivamente e ele, às vezes, pára, com medo de a estar a magoar, como se a virgindade lhe estivesse a roubar, mas não a está a magoar, está a fazer-lhe bem, nunca ninguém lhe fará tão bem ao corpo e à alma.”
A outra metade da laranja – Joana Miranda
Clauclau às 10:04

| Comentar | Adicionar aos favoritos
6 comentários:
De Lua de Sol a 31 de Julho de 2007 às 12:17
Podemos ter ideias diferentes sobre caridade/solidariedade mas continuo a gostar de passar por aqui ...
Tens muito bom gosto na selecção dos textos que aqui publicas. São todos muito bonitos, ricos em sentimentos e bem escritos... Este é um excelente exemplo...
De Clauclau a 31 de Julho de 2007 às 13:58
Ainda bem que continuas a gostar de passar por aqui. E também concordo que estes textos da Joana Miranda são magníficos . Quando começo a ler um livro dela, não consigo parar de ler até chegar à última página. E quando chego à última página sinto sempre pena de o livro não ter muitas mais para me deliciar. Encontro sempre nestes livros passagens que me dizem muito...

beijinhos



De Lua de Sol a 1 de Agosto de 2007 às 10:59
Conheces "O Aroma"? É de uma escritora indiana, absolutamente fantástico. Adorei. É muito intimista, repleto de sentimentos que nos podem dizer muito e nos dizer nada, mas que dificilmente nos deixam indiferentes. Penso que talvez gostasses... Se quiseres saber mais, passa lá pelo meu blog rosa e vai a Tags - Livros Sugestões.
Provocou na minha alma sensações semelhantes às que tenho quando leio estes excertos que publicas, mesmo de autores diferentes. Ou seja, não lhes consigo passar ao lado...
De Clauclau a 1 de Agosto de 2007 às 14:53
Aceito a dica. Se gostar, prometo que aqui publicarei alguns excertos.

Beijos
De Pedro de Sousa a 1 de Agosto de 2007 às 12:58
Ola

quantas recordações... quanta saudade...

Beijinhos

De Clauclau a 1 de Agosto de 2007 às 14:55

Comentar post

Pesquisar

 

Posts recentes

Escolhas

Investir

Sonhar com o impossível

Amores

Amor

Felicidade

O que construimos

...

Algo melhor

Explosão de hormonas

Aventuras rápidas

Quero-te comigo

Arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

afl(30)

amor(260)

ana santa clara(9)

casamento(10)

catherine dunne(11)

citações(324)

dr.ª robin l. smith(8)

ildikó von kürthy(13)

joana miranda(60)

jorge bucay e silvia salinas(11)

livros(308)

margarida rebelo pinto(32)

maria joão lopo de carvalho(10)

miguel sousa tavares(24)

paulo coelho(28)

robin sisman(9)

sofrimento(21)

stefania bertola(12)

suzanne schlosberg(10)

vida(183)

todas as tags

Readspeaker

Imagens

Retiradas da net