Quarta-feira, 21 de Março de 2007

Anjo protector

“Sim, essa é uma das nossas habilidades: espreitar, ouvir e saber tudo. Estamos em todo lado. Experimentamos tudo. Alegramo-nos, quando vos alegrais. Entristecemos, quando vos entristeceis. Sofremos, quando sofreis. E quando vos agarrais demasiado, magoa-nos da mesma forma que a vós.”
  
 
O espírito do amor – Bem Sherwood
 
 
Acredito que esse anjo protector está perto de mim... ele tem olhado por mim e tem-me dado forças para esquecer os desgostos e ir em frente. Ele ajudou-me a suavizar a dor, a ter fé e esperança de que haverá um final feliz, e se ainda não aconteceu esse final feliz é porque as oportunidades ainda não se esgotaram.
Acredito que lá em cima, ele olha por mim e não deixa que nada de mal me aconteça. Apesar do sofrimento, dos problemas, tem me dado forças para seguir em frente, mostrando-me que não devo ficar agarrada a um passado que não mais me fará feliz... porque ninguém muda... não vale a pena ter esperanças que ele um dia seja diferente, porque ele nunca será diferente. Ele sempre desconfiará da rapariga com que namorar... sempre foi assim e sempre assim será... nada a fazer... e nos dias que correm é mesmo difícil acreditar em quem quer que seja. Mas, se tu não acreditaste em mim, sabendo que sempre te amei, e conhecendo-me desde que nasci, ou seja há vinte e nove anos, não sei em quem tu vais acreditar... julgo que nunca serás capaz de confiar em nenhuma mulher porque as desconfianças da traição te perseguem... e se elas conseguiram destruir os sentimentos da pessoa que mais te amou na vida, e sabendo que ninguém te amará como eu te amei... duvido muito que alguém consiga sobreviver durante muito tempo às tuas desconfianças...
O meu anjinho tem-me ajudado a esquecer, se ainda escrevo a pensar em ti e se as lágrimas ainda me correm dos olhos quando me recordo das tuas desconfianças, a verdade é que o meu coração já não te pertence, sendo esta apenas uma forma de me relembrar de toda a mágoa que me causaste... porque enquanto me lembrar dela terei forças para seguir em frente sem te perdoar... Quando me esquecer do sofrimento que me causaste significa que te apaguei de vez da minha vida, não restando nada.
Clauclau
 
 
  
“O esquecimento é a arma mais letal do amor, quem nos esquece é como se se esquecesse de tudo o que fomos.
 
Alma de pássaro – Margarida Rebelo Pinto
 
 

Clauclau às 23:45

| Comentar | Adicionar aos favoritos

Pesquisar

 

Posts recentes

Escolhas

Investir

Sonhar com o impossível

Amores

Amor

Felicidade

O que construimos

...

Algo melhor

Explosão de hormonas

Aventuras rápidas

Quero-te comigo

Arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

afl(30)

amor(260)

ana santa clara(9)

casamento(10)

catherine dunne(11)

citações(324)

dr.ª robin l. smith(8)

ildikó von kürthy(13)

joana miranda(60)

jorge bucay e silvia salinas(11)

livros(308)

margarida rebelo pinto(32)

maria joão lopo de carvalho(10)

miguel sousa tavares(24)

paulo coelho(28)

robin sisman(9)

sofrimento(21)

stefania bertola(12)

suzanne schlosberg(10)

vida(183)

todas as tags

Readspeaker

Imagens

Retiradas da net