Sexta-feira, 27 de Julho de 2007

Confiança

Era uma vez um Lenhador que acordava as 6 da manhã e trabalhava o dia inteiro cortando lenha, e só parava tarde da noite.
Esse lenhador tinha um filho, lindo, de poucos meses e uma raposa, sua amiga, tratada como bicho de estimação e de sua total confiança.
Todos os dias o lenhador ia trabalhar e deixava a raposa cuidando de seu filho.
Todas as noites ao retornar do trabalho, a raposa ficava feliz com sua chegada.
Os vizinhos do Lenhador alertavam que a Raposa era um bicho, um animal selvagem; e portando, não era de confiar. Quando ela sentisse fome comeria a criança.
O Lenhador sempre retrucando com os vizinhos falava que isso era uma grande asneira. A raposa era sua amiga e jamais faria isso.
Os vizinhos insistiam: - «Lenhador abra os olhos! A Raposa vai comer seu filho.»; «Quando sentir fome,  comerá seu filho! »
Um dia o Lenhador muito exausto do trabalho e muito cansado desses comentários - ao chegar em casa viu a Raposa sorrindo como sempre e sua boca totalmente ensanguentada... 
O Lenhador suou frio e sem pensar duas vezes acertou o machado na cabeça da raposa...
Ao entrar no quarto desesperado, encontrou seu filho no berço dormindo tranquilamente e ao lado do berço uma cobra morta...
O Lenhador enterrou o Machado e a Raposa juntos.
 
 
Se confia em alguém, não importa o que os outros pensam a respeito dessa pessoa; siga sempre o seu caminho e não se deixe influenciar..., mas sobretudo nunca tome decisões precipitadas...

Autor desconhecido

 
Clauclau às 15:52

| Comentar | Adicionar aos favoritos
4 comentários:
De Lua de Sol a 27 de Julho de 2007 às 15:59
Uma história triste mas sábia...
De Clauclau a 28 de Julho de 2007 às 00:29
Obrigada pela visita.

Bom fim de semana.

Beijinhos

De in love again a 30 de Julho de 2007 às 12:03
Gostei desta historia, é a realidade. Quando há confiança na outra pessoa devemos acreditar nela e não no que os outros dizem...
beijo e boa semana
De Clauclau a 31 de Julho de 2007 às 14:02
É um texto que me diz muito. Não tivesse a minha relação terminado devido à falta de confiança que havia por parte do meu ex-namorado. Foi a pensar nele, e no ódio que continuo a sentir por ele ter ousado desconfiar de mim, que publiquei este excerto.

Beijinhos

Comentar post

Pesquisar

 

Posts recentes

Escolhas

Investir

Sonhar com o impossível

Amores

Amor

Felicidade

O que construimos

...

Algo melhor

Explosão de hormonas

Aventuras rápidas

Quero-te comigo

Arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

afl(30)

amor(260)

ana santa clara(9)

casamento(10)

catherine dunne(11)

citações(324)

dr.ª robin l. smith(8)

ildikó von kürthy(13)

joana miranda(60)

jorge bucay e silvia salinas(11)

livros(308)

margarida rebelo pinto(32)

maria joão lopo de carvalho(10)

miguel sousa tavares(24)

paulo coelho(28)

robin sisman(9)

sofrimento(21)

stefania bertola(12)

suzanne schlosberg(10)

vida(183)

todas as tags

Readspeaker

Imagens

Retiradas da net