Segunda-feira, 13 de Agosto de 2007

Acusar para esconder a culpa

"Para confirmar esta afirmação do professor Cerruti, também Eugénio se estava a comportar segundo um clássico esquema masculino: acusar para esconder a própria culpa. Não havia dúvida de que nas últimas semanas tinha repetidamente enganado Violleta com pensamentos, palavras e actos, e também não havia dúvidas relativamente ao facto de naquela noite, ao ver-se de alguma forma obrigado a sair com ela, a ter tratado de uma maneira muito desagradável. Mas em vez de dizer alguma coisa do tipo: «Desculpa lá, sabes, tenho uma história com outra e estou muito nervoso» preferia fazê-la acreditar que a culpa era toda dela."
A abelha do amor – Stefania Bertola

Clauclau às 15:27

| Comentar | Adicionar aos favoritos

Pesquisar

 

Posts recentes

Escolhas

Investir

Sonhar com o impossível

Amores

Amor

Felicidade

O que construimos

...

Algo melhor

Explosão de hormonas

Aventuras rápidas

Quero-te comigo

Arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

afl(30)

amor(260)

ana santa clara(9)

casamento(10)

catherine dunne(11)

citações(324)

dr.ª robin l. smith(8)

ildikó von kürthy(13)

joana miranda(60)

jorge bucay e silvia salinas(11)

livros(308)

margarida rebelo pinto(32)

maria joão lopo de carvalho(10)

miguel sousa tavares(24)

paulo coelho(28)

robin sisman(9)

sofrimento(21)

stefania bertola(12)

suzanne schlosberg(10)

vida(183)

todas as tags

Readspeaker

Imagens

Retiradas da net