Quinta-feira, 13 de Setembro de 2007

Sem contacto visual

“Lisa estava a ver televisão quando Rose chegou a casa.
- Olá, querida. Estás bem?
Ela encolheu os ombros. – Sim, estou bem – respondeu , e continuou a olhar fixamente para o ecrã. Rose não disse mais nada. Sentou-se ao lado da filha no sofá, deixou que o seu coração abrandasse e os seus olhos deambulassem, cegos, até à televisão.
Era uma técnica que aperfeiçoara ao longo dos anos. Os adolescentes – pelo menos os adolescentes da sua família – pareciam comunicar os seus problemas mais livremente se não fosse imposto nenhum contacto visual com o progenitor. Rose recordava-se de como costumava dirigir-se ao topo da cabeça de Brian enquanto ele estava concentrado nos jogos de computador. Também no passado ficara bastante familiarizada com os contornos angulosos das omoplatas de Damien enquanto o seguia à volta da cozinha. Mantinha-se prudentemente vários passos atrás dele, aproximando-se tanto quanto podia, esperando pacientemente enquanto ele procurava comida no frigorifico, ou abria e fechava os armários de cozinha. Foi nessas circunstâncias que teve as conversas mais profundas, mais difíceis, mais reveladoras com os seus filhos.”
A outra face do amor – Catherine Dunne
Clauclau às 00:05

| Comentar | Adicionar aos favoritos
2 comentários:
De Lua de Sol a 13 de Setembro de 2007 às 15:22
Nunca tinha pensado no assunto... Mas, realmente, este texto dá que pensar. Uma mãe com paciência, amor e sabedoria, é o que me transmite. Para não variar, outra boa escolha.
Beijocas
De Clauclau a 13 de Setembro de 2007 às 15:45
A verdade é que por vergonha, por receio, por timidez, muitas das coisas importantes são ditas sem olhar o outro de frente, sejam crianças, sejam adultos.
A verdade, é que só assim é que contamos muitas coisas que olhando nos olhos, não teríamos coragem de contar.

Beijinhos

Comentar post

Pesquisar

 

Posts recentes

Escolhas

Investir

Sonhar com o impossível

Amores

Amor

Felicidade

O que construimos

...

Algo melhor

Explosão de hormonas

Aventuras rápidas

Quero-te comigo

Arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

afl(30)

amor(260)

ana santa clara(9)

casamento(10)

catherine dunne(11)

citações(324)

dr.ª robin l. smith(8)

ildikó von kürthy(13)

joana miranda(60)

jorge bucay e silvia salinas(11)

livros(308)

margarida rebelo pinto(32)

maria joão lopo de carvalho(10)

miguel sousa tavares(24)

paulo coelho(28)

robin sisman(9)

sofrimento(21)

stefania bertola(12)

suzanne schlosberg(10)

vida(183)

todas as tags

Readspeaker

Imagens

Retiradas da net