Segunda-feira, 29 de Outubro de 2007

Amor... uma realidade mais difícil do que parece nos livros

“ Jim entra no quarto. Kate está sentada a chorar.
Vai sentar-se ao pé dela na cama. Afaga-lhe os cabelos e chama-a pelo nome. À luz prateada do quarto o seu espírito volteia como uma falena, em busca de soluções, e pensa, o «desgosto vem do facto de não vivermos a nossa vida. Não somos as pessoas que sonhámos vir a ser ou não estamos onde imaginámos estar quando passeámos pelas ruas nocturnas de Dublin.» Só nessa altura se apercebe de que o amor é uma realidade muito mais difícil do que parece nos livros. Não ganha o suficiente para comprar nenhuma espécie de liberdade. Não ganha o suficiente para libertar Kate das tarefas da rega e da monda no horto, para cumprir promessas silenciosas que lhe fazia quando a tinha nos braços e lhe prometia corrigir tudo que aos olhos dela estava errado.”
 

Dizei uma palavra e eu serei salvo – Niall Williams

 

 

Clauclau às 13:27

| Comentar | Adicionar aos favoritos

Pesquisar

 

Posts recentes

Escolhas

Investir

Sonhar com o impossível

Amores

Amor

Felicidade

O que construimos

...

Algo melhor

Explosão de hormonas

Aventuras rápidas

Quero-te comigo

Arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

afl(30)

amor(260)

ana santa clara(9)

casamento(10)

catherine dunne(11)

citações(324)

dr.ª robin l. smith(8)

ildikó von kürthy(13)

joana miranda(60)

jorge bucay e silvia salinas(11)

livros(308)

margarida rebelo pinto(32)

maria joão lopo de carvalho(10)

miguel sousa tavares(24)

paulo coelho(28)

robin sisman(9)

sofrimento(21)

stefania bertola(12)

suzanne schlosberg(10)

vida(183)

todas as tags

Readspeaker

Imagens

Retiradas da net