Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2007

Diz que até não é um mau blog

Como já referi anteriormente, não gosto muito destas coisas das nomeações, mas quero agradecer ao blog Cuidando de mim... por esta nomeação e a todos vocês que passam por aqui, pelas vossas visitas e comentários.

Regras:
1. Este prémio deve ser atribuído aos blogs que considerem serem bons, entende-se como bom os blogs que costuma visitar regularmente e onde deixa comentários.
2. Só e somente se recebeu o “Diz que até não é um mau blog”, deve escrever um post:
- Indicando a pessoa que lhe deu o prémio com um link para o respectivo blog;
- A tag do prémio;
- As regras;
- E a indicação de outros 7 blogs para receberem o prémio.
3. Deve exibir orgulhosamente a tag do prémio no seu blog, de preferência com um link para o post em que fala dele.
4. (Opcional) Se quiser fazer publicidade ao blogger que teve a ideia de inventar este prémio, ou seja – Skynet - pode fazê-lo no post).

Nomeados:

asaspavoar

aspalavrasnuncatedirei

diariodeumadivorciada

noche

tulipabranca77

infiel

temospena

 

 

 

 

tags:
Clauclau às 22:04

| Adicionar aos favoritos
De Infiel a 9 de Dezembro de 2007 às 21:12

Obrigado por te recordares do meu blog



gostei do post do "rio das flores" principalmente o referido aos nomes dados ao marido, muitos são mesmo e só "pai dos meus filhos", não li o livro mas este excerto faz pensar
De Clauclau a 10 de Dezembro de 2007 às 10:37
Nenhuma relação é verdadeiramente aquilo que gostaríamos que fosse.

De Infiel a 12 de Dezembro de 2007 às 20:04

não estejas tão desiludida
tudo passa, até eu que tive uma pessima experiência continuo com esperança que tudo se consegue, inclusive, vencer a monotonia de uma relação

De Clauclau a 12 de Dezembro de 2007 às 20:35
Gostaria de acreditar que tens razão... mas a vida só me tem dado mais... do mesmo... e não melhor. Às vezes chego mesmo a duvidar que o futuro me reserve algo melhor. A verdade é que me sinto como se não tivesse feito nada nos últimos 10 anos. Enquanto as outras casaram, descasaram, tiveram filhos, e tudo mais, eu continuo igual ao que era há dez anos atrás: Só, livre, desimpedida, dona de mim, com o mesmo corpo ( quase), que muitos homens devoram com os olhos... mas falta-me algo...

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


Pesquisar

 

Posts recentes

Escolhas

Investir

Sonhar com o impossível

Amores

Amor

Felicidade

O que construimos

...

Algo melhor

Explosão de hormonas

Aventuras rápidas

Quero-te comigo

Arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

afl(30)

amor(260)

ana santa clara(9)

casamento(10)

catherine dunne(11)

citações(324)

dr.ª robin l. smith(8)

ildikó von kürthy(13)

joana miranda(60)

jorge bucay e silvia salinas(11)

livros(308)

margarida rebelo pinto(32)

maria joão lopo de carvalho(10)

miguel sousa tavares(24)

paulo coelho(28)

robin sisman(9)

sofrimento(21)

stefania bertola(12)

suzanne schlosberg(10)

vida(183)

todas as tags

Readspeaker

Imagens

Retiradas da net