Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008

Ciúmes

"O ciúme! Upssst... não há nada que doa mais! Dói no peito, dói na cabeça, até dói no corpo, por dentro e por fora. Porque é que alguém, em tempos idos foi tão perversos que inventou o ciúme? Há os favor que dizem que o ciúme é o cartão de visita do amor e os que têm para si que, quando há confiança mútua e uma grande sincronia, o ciúme não entra nem à força. Tudo teorias... quem é que não sente um nó na garganta quando o recente namorado atende o telemóvel no meio do jantar e com um risinho parvo responde: «eu depois ligo, agora não posso», ou então, pior um pouco, olha para o número e desliga com um ar comprometido.
É de arrancar os cabelos e só quem não vive é que nunca passou por isso.
Aliás, os telemóveis são os culpados da maior parte das cenas de ciúmes."
 
Palavra de mulher – Maria João Lopo de Carvalho
Clauclau às 13:16

| Comentar | Adicionar aos favoritos

Pesquisar

 

Posts recentes

Escolhas

Investir

Sonhar com o impossível

Amores

Amor

Felicidade

O que construimos

...

Algo melhor

Explosão de hormonas

Aventuras rápidas

Quero-te comigo

Arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

afl(30)

amor(260)

ana santa clara(9)

casamento(10)

catherine dunne(11)

citações(324)

dr.ª robin l. smith(8)

ildikó von kürthy(13)

joana miranda(60)

jorge bucay e silvia salinas(11)

livros(308)

margarida rebelo pinto(32)

maria joão lopo de carvalho(10)

miguel sousa tavares(24)

paulo coelho(28)

robin sisman(9)

sofrimento(21)

stefania bertola(12)

suzanne schlosberg(10)

vida(183)

todas as tags

Readspeaker

Imagens

Retiradas da net