Segunda-feira, 17 de Março de 2008

Condição de solteira

“... ficando agarrada a uma relação que não ia a lado nenhum, só porque deixá-la parecia demasiado assustador.”
À procura do Homem ideal – Suzanne Schlosberg
Clauclau às 18:44

| Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008

Mágoa

“Fiquei tão magoada que nem sequer consegui responder. Era este o mesmo homem que costumava telefonar-me de duas em duas horas só para ouvir a minha voz? O mesmo que costumava abraçar-me à noite enquanto eu adormecia.”
À procura do Homem ideal – Suzanne Schlosberg
Domingo, 29 de Julho de 2007

Mesa dos solteiros

“Depois dos trinta, tememos ocupar o nosso lugar na Mesa dos Solteiros. O nosso celibato começa a parecer algo mais sério do que uma gripe, algo crónico, doloroso e obscuro. No fundo, sabemos também que as outras pessoas desconfiam que a culpa é nossa e, nos nossos piores momentos, começamos a pensar se eles não terão razão.”
À procura do Homem ideal – Suzanne Schlosberg
Clauclau às 03:15

| Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 16 de Julho de 2007

Ser solteira

“Não que ser solteira, enquanto conceito, seja inteiramente mau. Em certas alturas da vida, ser descomprometida é, na verdade, uma bênção. Aos vinte e poucos anos, ser solteira permite-nos ser espontâneas e estouvadas (...) Ser solteira no final da casa dos vinte também não é mau de todo. Alguns amigos já estão comprometidos mas ainda não ouvimos o tiquetaque de nenhum relógio biológico e sentimo-nos livres para dormir com tipos giros que nunca seriam certamente material casadoiro. Se a família começa a aborrecer-nos, enfiamos as malas no carro e mudamo-nos para outra cidade.”
À procura do Homem ideal – Suzanne Schlosberg

 
Clauclau às 23:42

| Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 15 de Julho de 2007

Faísca

“A verdade é que a maioria dos adultos responsáveis consegue arranjar sexo, desde que a pessoa esteja disposta a ir para a cama com alguém por quem não se sinta especialmente atraída ou de quem não goste por aí além. Mas o seguinte também é verdade: sim, eu estou à procura de sexo, mas também gostava de mais alguma coisa. No mínimo dos mínimos, gostava que houvesse um pouco de atracção mútua. Gostava que houvesse uma ínfima faísca.”

À procura do Homem ideal – Suzanne Schlosberg

Segunda-feira, 25 de Junho de 2007

Um desconhecido

“Temos a certeza que todas as casadas de vinte e cinco anos cometeram um erro enorme – que dentro de dez anos elas acordarão a pensar por que razão o desconhecido que está a seu lado na cama prefere fazer zapping do que ter sexo, e quanto dinheiro terão de gastar num conselheiro matrimonial para retirar o casamento do seu estado vegetativo.”

À procura do Homem ideal – Suzanne Schlosberg


Sexta-feira, 11 de Maio de 2007

Separação Perfeita

“A Separação Perfeita, claro, não envolve soluços, nem o arremesso de objectos frágeis, nem golpes baixos como «E já agora, fica sabendo que eu estava fingir metade das vezes!». Não, a separação ideal envolve uma chegada mútua à conclusão triste mas madura de que o melhor a fazer é cada um seguir o seu caminho envolve garantias tranquilizadoras como «Terás sempre um lugar no meu coração» e «Não trocaria o tempo que passámos juntos por nada deste mundo».”
À procura do Homem ideal – Suzanne Schlosberg

Quarta-feira, 9 de Maio de 2007

Será azar

“No entanto, enquanto espero nos bastidores e vejo todas as pessoas que conheço arranjarem parceiro, pergunto-me o que se estará a passar. Será azar? Será o destino? Será que esta situação é provocada por mim própria? Nunca acreditei que existisse apenas um homem perfeito para mim – provavelmente há dezenas, se não mesmo centenas. Mas por que diabo parece que estão todos escondidos num programa de protecção de testemunhas?”
À procura do Homem ideal – Suzanne Schlosberg
 

Sexta-feira, 4 de Maio de 2007

Relógio biológico

“Uma vez, no clube de vídeo, vi uma mulher grávida com o marido, ambos com aspecto de terem pouco mais de vinte anos, e achei que pareciam terrivelmente novos para estarem a começar uma família. Depois saíram três criancinhas disparadas da secção de filmes infantis e correram para a mulher aos gritos de «Mamã!».”
 
À procura do Homem ideal – Suzanne Schlosberg
 
  
 
 

 

 

Clauclau às 23:18

| Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 19 de Abril de 2007

Expectativas

“Talvez estejam a pensar: qual é a diferença entre o sofrimento num Spa e o sofrimento no Árctico? Tem tudo a ver com expectativas. Quando uma pessoa se inscreve em algo que parece fantástico mas acaba por se revelar horrível, sente-se enganada e chateada. Mas, quando vamos à espera de miséria, só podemos ficar agradavelmente surpreendidos.”
À procura do Homem ideal – Suzanne Schlosberg
 

  

 

Pesquisar

 

Posts recentes

Condição de solteira

Mágoa

Mesa dos solteiros

Ser solteira

Faísca

Um desconhecido

Separação Perfeita

Será azar

Relógio biológico

Expectativas

Arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

afl(30)

amor(260)

ana santa clara(9)

casamento(10)

catherine dunne(11)

citações(324)

dr.ª robin l. smith(8)

ildikó von kürthy(13)

joana miranda(60)

jorge bucay e silvia salinas(11)

livros(308)

margarida rebelo pinto(32)

maria joão lopo de carvalho(10)

miguel sousa tavares(24)

paulo coelho(28)

robin sisman(9)

sofrimento(21)

stefania bertola(12)

suzanne schlosberg(10)

vida(183)

todas as tags

Readspeaker

Imagens

Retiradas da net